O que, de melhor, o mundo virtual te trouxe/traz? | Semana 37

semana37_1

Talvez esse seja um dos temas mais fáceis das últimas semanas desse desafio! Falar sobre coisa boa é sempre mais fácil né? O mundo virtual entrou na minha vida há um pouco mais de 10 anos e hoje não se passa um dia sem que eu esteja conectada de alguma forma. Não é que eu seja uma daquelas viciadas que não conseguiria sobreviver 24 horas sem internet, mas ela está presente em boa parte das coisas que eu faço diariamente!

Amizades. Conheci muita gente bacana pela internet, mas também me aproximei de muita gente! Eu troco mensagens todos os dias com amigos que moram ali na esquina e com amigos que moram do outro lado do mundo! Lógico que isso não substitui o encontro pessoal, mas isso é mais complicado com algumas pessoas, principalmente as que moram longe. Por isso eu agradeço muito a internet por permitir que meus amiguinhos estejam todos a um clique de distância!❤

Conhecimento. Hoje em dia dá pra aprender tudo na internet! Existem vários sites de cursos gratuitos ou pagos, canais no Youtube, blogs onde a gente pode aprender qualquer tipo de coisa, desde como passar uma linha na agulha até soldar uma peça de ferro! Além de aprender muito sobre trabalhos manuais, eu uso muito a internet para pesquisar artigos e trabalhos científicos sobre engenharia, ver o que está sendo desenvolvido e acompanhar as novas tecnologias😉

Inspiração. Todos os dias eu abro diversos sites que me inspiram! Existe muita gente bacana nesse mundo e que nem precisa se esforçar muito para tocar os nossos corações! Essas inspirações me levam a tirar antigos projetos do papel, mudar os móveis do lugar, a experimentar uma receita nova ou me inspiram a ser uma pessoa melhor todos os dias! Ainda vou fazer um post ou vídeo sobre algumas pessoas dessa internê que me inspiram demais!❤

Entretenimento. Eu nunca fui muito apegada a televisão… Sempre usei mais para assistir as fitas ou DVDs alugados na locadora! Era sempre aquele dilema de perder horas procurando algo legal na infinidade de títulos nas prateleiras. Hoje (quase) tudo está acessível no Netflix! Fora que na internet é possível encontrar qualquer tipo de conteúdo com muita facilidade! Tem muita gente produzindo coisa bacana e muitos temas diferentes! Você não fica mais preso à programação da TV e pode assistir um programa sobre determinado assunto naquela folga de 10 minutinhos do café ou dentro do ônibus no caminho do trabalho!

Música. Eu estou sempre com um fone no ouvido! Já ouvi muita música em LPs, fita K7 e radinho de pilha! Tenho uma coleção enorme de CDs, mas nada se compara à acessibilidade musical da internet! Graças a YouTube, Spotify e outras plataformas nós temos acesso imediato a milhares de artistas de todo canto do mundo! Foi por conta da internet que eu conheci alguns dos meus artistas favoritos e por conta dela também que tive a oportunidade de ver alguns deles de pertinho❤

O que o mundo virtual trouxe de melhor para vocês?

Este é um post do Desafio 52 semanas! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.

Morro de preguiça de… | Semana 36

semana36_1

Eu não sou uma pessoa mega preguiçosa, mas também não sou das mais ativas! Estou ali no meio do caminho, preguiçosa pra algumas coisas e ativa para algumas outras. Acho que a maioria das pessoas é assim, não é? Então vamos lá para as minhas preguiças!

… passar roupa. Eu sou muito lerda para passar roupa, fico horas para passar meia dúzia de blusinhas. Depois que eu passei um ano fora de casa eu aprendi a viver sem ferro de passar e digo que é libertador! Eu por mim não passaria roupa nunca mais, mas minha mãe ainda implica com isso e dá jeito de passar minhas roupas ou me colocar pra passar!

… usar o secador. Eu lavo cabelo todos os dias, e banho sem shampoo e condicionador pra mim não conta como banho! Eu adoro a sensação de cabelo molhado depois do banho, acho que é refrescante e exala mais cheiro do que o cabelo seco😉 Acho que por conta disso eu nunca uso secador. Me dá muita preguiça ficar segurando o secador durante muito tempo e o calor me incomoda bastante.

… arrumar cama. A desculpa de todo mundo que tem preguiça de arrumar a cama é: “Pra que arrumar se eu vou bagunçar ela daqui a pouco?”. Acho que essa é uma das preguiças mais comuns, pelo menos eu conheço muita gente que não curte arrumar a cama, mas essa é uma das minhas preguiças que mais irrita a minha mãe (desculpa, mãezinha😉 ) Ela acha que se minha cama não está arrumada, meu quarto todo está uma zona haha

… pessoas que só reclamam. Acho que essa não precisa nem falar né? As pessoas que só reclamam consomem muito a nossa paciência e as vezes bate aquela preguiça de ficar por perto delas. Existem fases, e se você não tá numa muito boa a tendência é reclamar de tudo, mas a gente tem que se policiar também e saber sobreviver a essas fases e deixar que elas passem!😉

… acordar cedo. A minha vida toda eu fui acostumada a não precisar acordar cedo! Sempre estudei no período da tarde, até mesmo na faculdade e no mestrado! Então nunca foi super necessário acordar cedo e com isso eu acostumei a ter uma vida mais noturna. Eu durmo mais tarde e acordo mais tarde e pra mim funciona, porque eu rendo muito mais a noite do que de manhã. Sempre que eu preciso acordar cedo eu consigo sem muita dificuldade então não vejo muito como um problema, mas a preguicinha sempre bate né?😉

E vocês, tem preguiça de quê?

Este é um post do Desafio 52 semanas! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.

Minhas piores compras foram | Semana 35

semana35_1

Eu não sou do tipo consumista desenfreada, eu sempre penso muito e pesquiso muito antes de comprar alguma coisa! O que eu tenho é porque eu fiquei namorando muito tempo antes de comprar e quando eu finalmente compro é sempre uma festinha no meu coração❤ Mas vamos lá, vou tentar encontrar coisas que comprei e me arrependi!

Maquiagens. Eu sou do tipo que quando decide usar maquiagem usa só um delineador, máscara e, mais recentemente, um batonzinho! Mas fora isso tudo que eu tenho de maquiagem é inútil… Teve uma época que eu comprei muita maquiagem, porque eu queria seguir o padrão de beleza que as pessoas colocavam pra cima de mim. Muitas coisas eu doei, mas algumas ainda estão encalhadas aqui😦

Salto alto. Eu definitivamente não sirvo para usar salto. Me incomoda, machuca e eu fico parecendo um pato andando toda desengonçada quando estou com sapato alto. Tenho apenas um par, pretinho básico, que me acompanha nas festas mais chiques. Todos os outros que eu já tive eu passei pra frente, porque eles não duram muito tempo no meu pé não!

Agendas. A única agenda que eu consegui usar o ano inteiro foi a de 2007 e por isso eu guardo ela com muito carinho até hoje. Todas as outras foram esquecidas nas primeiras páginas, algumas antes mesmo de janeiro terminar! Nunca me adaptei muito ao esquema da agenda, mas era teimosa e insistia em comprar! Esse ano resolvi investir no bullet journal e até agora só sucesso!🙂

Raquete de tênis. Eu comprei a minha quando estava fazendo aulas de tênis alguns anos atrás. As aulas eram de graça e dadas por alunos da faculdade de Educação Física da UFJF para alunos de outros cursos. Eu estava super empolgada e convenci alguns amigos a treinar comigo, mas algum tempo depois essas aulas foram canceladas e eu fiquei com uma raquete encostada em casa.

Roupas pela internet. Existem vários sites gringos com roupas maravilhosas, de certa forma bem baratinhas e com entrega no Brasil. Muita gente se dá bem comprando nesses sites, mas eu até hoje só dei azar! Pode ser que eu não saiba escolher direito ou que não me atentei direito a detalhes e medidas, mas as poucas coisas que eu arrisquei até hoje não atenderam as expectativas! Se alguém for craque em comprar roupa pela internet e quiser me dar umas dicas ficarei super feliz🙂

Quais foram as piores compras de vocês?

Este é um post do Desafio 52 semanas! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.

Livros que eu acho que todo mundo deveria ler | Semana 34

Semana34_1

Se cada conto do Sherlock Holmes contasse como um livro que eu recomendaria nesse post, não teria mais nenhum outro! Imagina então se eu fosse separar os livros do Harry Potter? HAHA Mas eu vou tentar listar os livros que eu já ri e reli várias vezes e que eu sempre acabo voltando pra eles🙂

Pequeno Príncipe. Um clássico né? Não tem muito o que falar desse livro, só que ele é maravilhoso e tem muita coisa pra ensinar pra gente! Se você não tem ideia do que é, em que mundo você vive?😉

O Guia dos Mochileiros da Galáxia. Essa é uma trilogia de 5 livros e é uma paixão nerd! Se você comemora o Dia da Toalha, tem uma fissura pelo número 42 e despede dos amigos dizendo: “Até mais e obrigada pelos peixes!” você curte tanto essa coleção quanto eu, mas se você ta aí perdidão não se preocupe! Os livros são bem curtinhos e a leitura é muito tranquila, rapidinho você lê e se enturma nesse mundo nerd!

A Terapia do Abraço. Esse é um livrinho daqueles que tem faz pensar na vida! Ele mostra várias maneiras de se apreciar um abraço e como eles podem mudar o seu dia ou a sua vida toda! Eu ganhei de presente da minha tia e ele já andou comigo pra todo lado. Ele já está até meio capenga, mas não desfaço dele de jeito nenhum! Acho que todo mundo deveria ter um exemplar dele❤

Sherlock Holmes. Eu sou suspeita pra falar, porque eu sou fã de carteirinha! Mas se você gosta de romance policial não há nada melhor do que Sherlock! São 4 romances e 56 contos e existem várias coleções diferentes! É difícil escolher um preferido então eu sugiro que você leia todos❤

Harry Potter. Eu cresci com o Harry, eu vivi aquele frenesi de esperar pelo próximo livro! Eu mergulhei de cabeça nesse mundo bruxo e até hoje espero minha carta de Hogwarts! Eu vou dar esses livros de presente pros meus filhos, pros meus netos e pros meus bisnetos! Eu quero que todas as pessoas conheçam e vivam a mesma experiência que eu vivi desde os meus 11 anos🙂

Quais seriam as indicações de vocês?

Este é um post do Desafio 52 semanas! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.

Tenho medo de… | Semana 33

Semana33_1

Acho que ninguém gosta de falar dos próprios medos. Eu pelo menos não gosto, me sinto muito exposta e tenho receio de que as pessoas mudem a forma como me vêem por conta dos meus medos!

… invadirem minha casa. Quando eu era mais nova uma pessoa entrou na minha casa enquanto estávamos dormindo e fez uma boa limpa. A perda material não me incomodou nem um pouco perto da sensação de violação que senti, é como se eu não pudesse me sentir segura nem dentro da minha própria casa! Uma pessoa entrou na minha casa, no meu quarto e passou tempo suficiente lá para levar várias coisas, imagina se ele/ela decidisse machucar alguém? Por mais que hoje a gente tenha muito mais segurança, sempre fico um pouco agoniada quando escuto um barulho de madrugada…

… não conseguir realizar meus sonhos. Aquele medinho clichê que todos temos, de falhar com os outros, mas principalmente de falhar com nós mesmos! A gente passa a vida sonhando com o que quer ter e o que quer ser, mas sempre temos medo de não conseguirmos realizar tudo o que nos propomos! Sei que não dá pra ter tudo na vida, mas o que estiver ao meu alcance eu vou sempre dar o meu máximo para conseguir!😉

… perder a memória. Eu posso perder até o último centavo que me resta, mas a ideia de perder a memória me deixa muito agoniada. Eu sou muito ligada às pessoas, aos acontecimentos e estou sempre dando um jeito de registrar tudo o que eu vejo e vivo para nunca esquecer! Imagina de uma hora pra outra esquecer tudo e todos que são importantes pra mim? Eu ia ter um treco!

… aves. Muito mais de galinhas e pombos, mas de animais com penas e asas no geral! Esse é aquele medo vergonhoso que eu tento esconder ao máximo das pessoas, mas quem sabe faz o favor de espalhar aos 7 ventos! haha Hoje em dia eu não ligo muito mais, aceitei que sempre vão achar graça desse medo. Pelo menos ninguém inventou de me dar uma galinha de presente😉 Não sei de onde surgiu, só sei que tá aí há muitos anos já, mas recentemente está mais sob controle!

… morte. Não tenho medo de morrer, mas tenho medo de perder pessoas queridas! Sei que é inevitável e que uma hora todos vamos deixar esse mundo pra traz, acredito que a alma não morre com o corpo e que temos muitas vidas pra viver, mas quando penso que terei que passar o resto dessa minha vida sem alguém importante meu coração aperta! Tenho medo de como vai ser quando algumas pessoas não estiverem mais por perto, como eu vou ficar, o impacto que isso vai causar na minha vida e o quanto eu vou sofrer com a falta delas, por isso tento evitar ao máximo pensar no assunto!

E vocês, tem medo do quê?

Este é um post do Desafio 52 semanas! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.