Europa através dos meus olhos! – Varenna, Bellagio & Como

Um dia de viagem e 3 cidades! Essa foi uma day trip que nós fizemos ao redor do Lago Como. Saímos de Milão bem cedo e pegamos um trem para Varenna. Esse foi sem dúvida o dia mais confuso e enrolado de todas as viagens que eu fiz! Já começou dando errado quando nós não conseguimos abrir as portas do trem na estação em Varenna. O trem era muito antigo e a gente tinha que puxar a porta com muita força pra que ela abrisse. Mas isso a gente só descobriu depois haha Acabamos tendo que parar na estação seguinte e voltando em outro trem! Não sei bem se Varenna pode ser considerada uma cidade, pois de acordo com a Wikipédia ela só tem 11.2 km². As casas são construídas no pé do morro e beirando o Lago Como. São casinhas coloridas e ruas de paralelepípedo. Me lembrou algumas cidades do interior de Minas. Não vimos muita coisa na cidade pois o tempo estava muito ruim, muita neve e vento e também porque o plano era pegar uma balsa para Bellagio, atravessando o Lago Como. Pelas fotos que vejo na internet Varenna é uma linda cidade durante a primavera!

Varenna vista da balsa
Varenna vista da balsa

Dentro do trem nós conhecemos uma moça de Taiwan que também precisava pegar uma balsa e como ela já conhecia o caminho ela nos ajudou a chegar ao porto. Tomamos um chocolate quente enquanto esperávamos pela balsa e posso garantir que foi o melhor chocolate quente da minha vida! haha Os italianos tem uma maneira completamente diferente de fazer o chocolate quente: ele fica muito cremoso! É comum encontrar o chocolate quente sendo misturado numa daquelas máquinas onde o pessoal coloca sucos aqui no Brasil. Além do gelato, o chocolate quente é uma das especialidades italianas!

Bellagio parecia uma cidade fantasma. Tudo estava fechado, não havia ninguém na rua. O único lugar aberto na cidade era uma lojinha de conveniência, onde conseguimos comprar o ticket do ônibus para Como. Enquanto esperávamos pelo ônibus aproveitamos para dar uma volta e conhecer cidade, que novamente não era nada muito grande! Apesar do frio e da chuva fina que acompanhou a gente durante todo o dia as paisagens ainda eram bonitas!

Calçada de frente para o Lago Como
Calçada de frente para o Lago Como
Cartão postal de Bellagio, faltou só as flores e o sol!
Cartão postal de Bellagio, faltou só as flores e o sol!

A primeira coisa que fizemos em Como foi almoçar. Entramos num restaurante muito bem decorado e a minha escolha foi um spaghetti à carbonara. Dentre todas as massas que eu comi na Itália, essa foi a melhor. Talvez fosse pela boa qualidade do restaurante ou só porque eu estava com muita fome mesmo haha Mas valeu muito a pena! Próximo ao restaurante estavam a Catedral Duomo e o Teatro Sociale. A catedral data do século 16 e tem um estilo meio gótico com cúpulas verdes destoando do todo cinza da construção.

Arte próxima a estação de trem - Como
Arte próxima a estação de trem – Como
Teatro Sociale - Como
Teatro Sociale – Como
Detalhe da Catedral Duomo - Como
Detalhe da Catedral Duomo – Como
Catedral Duomo - Como
Catedral Duomo – Como

Descobrimos que Como tem um funicular que leva até um lugarzinho chamado Brunate. O funicular é composto de dois “carrinhos” conectados e controlados por um motor, enquanto um desce o outro sobe. O engraçado é que você só vê um trilho e no meio do caminho onde os carrinhos se cruzam esse trilho se divide em dois e volta novamente a ser um só. Além disso o morro é bem inclinado. Dá um certo medinho haha. O dia estava com muita névoa e por isso não dava pra ver nada de dentro do funicular, mas no verão a vista do Lago Como deve ser bem bonita! Confesso que a época da viagem não foi das melhores: o frio, o vento e a chuva atrapalharam um pouco nos primeiros dias.

Funicular e a névoa que impedia a vista do Lago Como!
Funicular e a névoa que impedia a vista do Lago Como!

Em Brunate eu me deparei com a maior quantidade de neve que eu já tinha visto na vida! Não estava nevando na hora, mas a quantidade de neve no chão era bem grande. Pra quem já pegou neve de verdade, ou quem já passou uns dias no inverno dos Estados Unidos ou Canadá vai achar que eu estou exagerando muito, mas levem em conta que eu estava morando em Londres: a cidade que nunca neva! Até aquele dia o máximo que eu já tinha visto de neve era uma “chuvinha” em Londres e alguns montinhos de neve em Berlim. Eu sabia que não veria neve tão cedo então resolvi aproveitar haha

Brunate
Brunate

Fiz um bonequinho de neve, muito do mal feito devido a minha falta de habilidade artística com a neve! Levei uma bola de neve nas costas, tentei revidar e não deu muito certo! haha Então o jeito foi ficar brincando de desenhar na neve e ficar jogando ela pra lá e pra cá. Pode parecer muito bobo, mas pode ter certeza que eu me diverti muito! haha 🙂

Tentativa de boneco de neve!
Tentativa de boneco de neve!

Bom, eu disse que o dia tinha sido enrolado né? Então agora vem a explicação! Tínhamos uma passagem de trem para Veneza, saindo de Como e fazendo escala em Milão. Acontece que o trem Como – Milão atrasou mais de uma hora!! Com isso perdemos o trem Milão – Veneza, que era o último do dia. Foi muita confusão mas conseguimos um trem que iria pra Veneza. O problema era que Veneza tem duas estações de trem. Nossa passagem inicial iria para a estação dentro da ilha, e a passagem que arrumaram pra gente só ia até a estação ainda no continente. Com mais um pouco de conversa conseguimos que a empresa pagasse um táxi pra gente até a estação onde realmente deveríamos chegar. Inicialmente o trecho todo levaria umas duas horas e com isso chegaríamos em Veneza às 10 da noite, mas com todo o rolo que enfrentamos só conseguimos chegar na cidade às 2 da madrugada! Depois disso ainda tivemos que andar por uma meia hora até chegar ao hotel, seguindo um GPS que não funcionava muito bem, numa cidade cheia de vielas e muito mal iluminada, onde você não fazia ideia do que te espera na próxima esquina! Não estava sozinha, mas confesso que nunca senti tanto medo na minha vida. Acho que eu só consegui respirar e parar de andar rápido/correr quando chegamos ao hotel. Foi uma experiência bem chata, mas deu tudo certo! Então uma dica: se programe contando com bastante atrasos nos trens, porque lá todos eles atrasam! E nunca deixe pra pegar o último trem! hehe

Ainda estou escrevendo os posts sobre as próximas cidades, mas queria saber se tem algum outro tópico que vocês gostariam de ver aqui no blog. Comentem! 🙂

Anúncios

Um comentário sobre “Europa através dos meus olhos! – Varenna, Bellagio & Como

Deixe aqui o seu comentário. Ele é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s