Europa através dos meus olhos! – Florença

Nossa próxima cidade é Florença. Saímos cedo de Veneza e chegamos na hora do almoço. Depois de deixar as malas no hotel e enrolarmos o estômago com um fast food fomos dar uma volta pra conhecer a cidade. A localização do hotel era muito boa: seguindo a rua do hotel em direção ao centro da cidade encontramos muitos pontos turísticos! O primeiro a chamar atenção é a Catedral de Florença (Santa Maria del Fiore, ou Santa Maria da Flor). Ela demorou quase seis séculos para ser finalizada. Toda o exterior da catedral é decorado com mármore em tons de branco, verde e bordô. O domo, alocado em uma base octagonal, é aberto à visitações e lá de cima se tem uma vista incrível da cidade. Internamente o domo é decorado com uma pintura nomeada Juízo Final: na base do domo as imagens remetem ao fogo e ao inferno e quanto mais próximo ao centro, mais angelicais se tornam as imagens.

Catedral de Florença
Catedral de Florença
Lateral da Catedral de Florença
Lateral da Catedral de Florença
Juizo final - Domo da Catedral de Florença
Juizo final – Domo da Catedral de Florença

A Piazza del Duomo é o centro histórico da cidade e abriga além da catedral, a Torre do Sino e o Batistério. O Batistério é, como o próprio nome diz, o local onde as pessoas eram batisadas. Hoje em dia é puramente um ponto turístico. A arquitetura octagonal remete ao sentimento de regeneração e o exterior é decorado da mesma forma que a catedral e a torre do sino. A iluminção do interior fica por conta de velas e dos pequenos vitrais localizados nas paredes. O teto é decorado com mosaicos, novamente representando o juízo final. A porta do batistério que está voltada para a catedral foi nomeada de Portão do Paraíso: uma porta gigante toda trabalhada em ouro e madeira. Atualmente a porta original está protegida dentro de uma caixa de vidro em um museu atrás da catedral.

Batistério
Batistério
Juizo final - Teto do Batistério
Juizo final – Teto do Batistério
Vitrais e iluminação do Batistério
Vitrais e iluminação do Batistério
Portão do Paraíso original
Portão do Paraíso original

O último monumento da praça é a Torre do Sino. O mais bacana é que você pode subir até o topo e ter uma vista da cidade e além disso uma visão da catedral como um todo. Nós compramos um ticket que dava acesso ao domo da catedral, ao Batistério e à Torre do Sino. Esse ticket é valido por 24 horas, então tem tempo pra ver tudo com calma. A única parte ruim de visitar tudo no mesmo dia são as escadas! haha Subimos e descemos por mais de 1000 degraus em poucas horas! Mas a vista vale a pena, pelo menos das uma subida!

Florença vista do domo da Catedral
Florença vista do domo da Catedral
Catedral vista da Torre do Sino
Catedral vista da Torre do Sino
Torre do Sino e Florença vistas de cima do domo. Reparem que não há tela de proteção!
Torre do Sino e Florença vistas de cima do domo. Reparem que não há tela de proteção!

Continuando na mesma avenida encontramos o Palácio Vecchio. O domo da catedral se destaca no horizonte de Florença juntamente com a torre do Palácio Vecchio. A arquitetura lembra uma fortaleza, mas hoje em dia o local é o centro administrativo da cidade. Na entrada do palácio está uma réplica do David, de Michelangelo, o original se encontra na Galeria da Academia. Ao lado do palácio está a Fonte de Netuno e representa a dominação dos Florentinos sobre o mar.

Palácio Vecchio
Palácio Vecchio
David na entrada do Palácio Vecchio
David na entrada do Palácio Vecchio
Fonte de Netuno
Fonte de Netuno

Andando mais um pouco em direção ao Rio Arno passamos pelo Museu Uffizi. Um dos principais quadros em exposição é a Venus, ou The Birth of Venus, de Botticelli. Não era permitido tirar foto dentro do museu, então a foto abaixo é tirada da Wikipédia 🙂

The Birth of Venus
The Birth of Venus

Cruzando o Rio Arno está a Ponte Vecchio: a única ponte florentina que sobreviveu intácta à segunda guerra mundial. Eu não diria completamente intácta, porque a estrutura mostra bastante desgaste e “falhas”. Várias lojas são “acopladas” à ponte e a grande maioria vende jóias. Assim como toda ponte na europa, a Ponte Vecchio é cheia de cadeados pendurados! Não sei de onde surgiu essa ideia de que cadeados em pontes “prendem seu amor pra sempre” e de que jogar moedas em fontes realizam desejos, mas a europa está cheio dessas coisas!

Ponte Vecchio
Ponte Vecchio
Rio Arno visto da Ponte Vecchio
Rio Arno visto da Ponte Vecchio

O último ponto turístico que visitamos foi a Piazza della Repubblica. Basicamente um amplo espaço aberto no centro da cidade. Cercada de cafés e restaurantes, o local é um teatro a céu aberto. O que chama mais atenção na praça é o arco do triunfo! Engraçado que muitas cidades européias tem esses arcos, mas nem todos tem um real triunfo por trás. Por exemplo, o arco do triunfo de Florença foi construído no século XIX basicamente para evitar a expansão da praça!

Piazza della Repubblica
Piazza della Repubblica

A culinária italiana é famosa pelas pizzas e pelas massas, mas o que eles sabem fazer bem também é o tal do Gelato. Pro meu azar eu andei meio resfriada durante essa viagem, mas isso não me impediu de pelo menos provar uns sabores! O meu favorito sempre foi (e sempre será) o de pistache! Dizem por aí, e eu concordo plenamente, que o gelato mais gostoso é feito em Florença! Quem tiver a oportunidade de visitar a cidade não saia de lá sem um gelato 🙂

Gelato de limão e chocolate!!
Gelato de limão e chocolate!!

Próxima parada: Pisa!

Anúncios

2 comentários sobre “Europa através dos meus olhos! – Florença

  1. Ol querida,, sou uma msf, tenho lido as suas publicações sobre a italia e estou querendo ir em setembro, queria saber qual o melhor roteiro para visitar roma, assis e veneza e se o transporte de trem vale a pena. Obrigada e Parabéns pelo blog.

    Curtir

    • Olá! O melhor roteiro é o que a gente monta! Não tem receita de bolo pra isso. O ideal é começar vendo os preços das passagens. Para chegar na Itália a maneira mais fácil é avião mesmo, mas pra ir de uma cidade a outra o trem é a melhor opção. Dá pra comprar os tickets com antecedencia pra ficar mais tranquilo. Acho que você deveria fazer Veneza – Assis – Roma ou Roma – Assis – Veneza, porque aí você segue a linha entre as cidades. Eu não sei quanto tempo você pretende ficar por lá, mas eu passei 2 dias em Veneza e 4 em Roma+Vaticano e pra mim foi o suficiente. Se você tiver mais tempo para aproveitar melhor ainda! Eu não fui à Assis, então não posso te ajudar muito com essa cidade, mas qualquer dúvida sobre Veneza ou Roma pode entrar em contato que eu tento ajudar 🙂

      Curtir

Deixe aqui o seu comentário. Ele é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s