Como o meu intercâmbio mudou as nossas vidas

intercambio-cultural-aiesec-blogl

Quando eu peguei meu voo para Londres eu não tinha noção do quanto o intercâmbio mudaria a minha vida. Muito menos noção do quanto ele mudaria a vida da minha família e dos meus amigos que ficaram aqui. Esse tempo afastado trouxe mudanças que só agora, de volta ao Brasil, eu consigo perceber.

Tive o prazer de participar de um encontro de Mães sem fronteiras alguns dias atrás e pude ouvir relatos daquelas que ficaram, sofreram, choraram, aprenderam a lidar com a falta dos filhos, amadureceram, cresceram, criaram laços de amizade e venceram! Como nós estudantes, cada uma tem a sua história, mas todas estão ligadas pelo mesmo sentimento de amor pelos filhos. Eu ganhei várias mães e com isso vários exemplos de vida. Ouvir tudo pelo que elas passaram e presenciar as mulheres que se tornaram foi uma experiência muito gratificante. Mas vou voltar a história pro meu caso!

Pra mim tudo começou com a coragem de deixar a família pra trás, que eu nunca imaginei que tivesse, a responsabilidade de cuidar de todos os preparativos, para que nada desse errado, a confiança e cabeça erguida para encarar o desconhecido. Precisei deixar a timidez pra trás e colocar pra fora uma Mariana mais extrovertida. Precisei desembolar de vez o meu inglês e várias outras coisas. Isso pra mim agora não parece um feito tão grande perto do que a minha família passou.

Meus pais tiveram que lidar com a falta da filha mais velha, que ajudava com as coisas da casa, que completava a mesa na hora do almoço, que segurava a mão na hora da prece e que sempre brincava na cama antes de dormir. Meu irmão não tinha mais a pessoa pra conversar quando ele não queria mais estudar, ou pra ir andar de skate num final de semana. Meus amigos não tinham mais os meus “Bom dia!” alegres na segunda às 8 da manhã, ou a companhia dos estudos e lanche da tarde com Fandangos e Coca-Cola. Todos que ficaram tiveram que contornar a minha falta de alguma maneira. Meu pai virou um pesquisador fanático de lugares bacanas do mundo para se visitar. Meu irmão virou um expert em vídeos de youtube e arrumou uma namorada. Minha mãe fez muitas amigas e agora viaja Brasil a fora pra visitá-las. Alguns dos meus amigos se formaram, outros ainda estão na luta. Uns se afastaram, uns simplesmente sumiram, outros foram pros seus próprios intercâmbios. Alguns se transformaram, outros parecem que preferiram parar no tempo. Mas os melhores ainda estão comigo, mesmo não nos vendo sempre. A grande maioria das pessoas talvez não perceba o quanto mudaram, o quanto cresceram nesse período de um ano. Algumas coisas mudaram por conta do meu intercâmbio, outras não, mas todas elas são bem visíveis pra mim agora, porque a minha visão de vocês se ampliou!

Agora eu tenho um pouco de ideia do efeito que as minhas decisões tem na vida das pessoas à minha volta. Agora eu vejo como a maneira que eu vivo a minha vida se reflete na maneira que as pessoas que eu gosto se relacionam comigo. As minhas decisões não são só minhas, as minhas atitudes não tem consequências apenas pra mim. A minha vida a partir de agora se concentra no que é melhor pra mim e pros que estão a minha volta. Chegou a hora de deixar o egoísmo de lado e saber dividir os acontecimentos com quem sempre me deu suporte. É hora de nós, que fomos embora, compensarmos a falta que fizemos e mostrar aos que ficaram tudo de bom e proveitoso que essa experiência trouxe pras nossas vidas!

Eu, definitivamente, não sou a mesma pessoa que embarcou num avião para Londres há um ano atrás, nem vocês são os mesmos! As coisas estão melhores, é só reparar um pouquinho! Nossas cabeças tem novas ideias, novos ideais, novos sonhos e muito mais coragem e força!

Obrigada por fazer parte dessas mudanças e bem vindo ao nosso futuro!

xx

Anúncios

10 comentários sobre “Como o meu intercâmbio mudou as nossas vidas

  1. Também sou ex “Mãe Sem Fronteira” e já participei de um encontro aí em Juiz de Fora onde tive o prazer de conhecer sua linda mãe pessoalmente, seu pai e seu irmão. Eu fico muito feliz quando percebo que o país ainda tem jeito quando me deparo com jovens feito você. Parabéns e continue se empenhando em tornar o mundo um lugar melhor para se viver. Um beijinho bem carinhoso… pra vc eu tiro o meu chapéu!!!!!

    Curtir

  2. Perceber que suas açôes e decisôes terão reflexos diretos na vida daqueles que te cercam, é sinal de uma maturidade afetiva e emocional indispensavel para a vida….bjs querida Nina.

    Curtir

  3. Lindo Mariana, você descreveu com bastante clareza a falta que fazem e o orgulho que temos de vocês nossos filhos em seus primeiros voos, parabéns

    Curtir

  4. Que linda vc Mariana,me emocionei com suas palavras.Sei que minha filha tb vai voltar da Austrália com mais maturidade e com o mesmo jeitinho seu de ver as coisas.Não tive o prazer de te conhecer pessoalmente pois não pude ir ao encontro no Rio.Mas te conheço aqui por tudo que escreve.Desejo a vc tudo de bom nessa vida,e que vc consiga passar todo o seu conhecimento adquirido lá fora pra melhorar e engrandecer nosso país.Um beijo. ❤

    Curtir

  5. A medida que vamos passando por novas experiências, nossa visão do mundo vai se modificando, e isso faz nossa vida também modificar. Tenha um foco no seu futuro filha, e saia novamente com a cara e a coragem pra cima dele. Sua mochila já tem algum conhecimento da vida.
    As experiências que já tem, fortalecem a certeza que a cada dia, a dedicação exclusiva e comprometimento consigo mesma é que farão a diferença entre um: daqui uns anos e uma profissional de respeito no futuro .
    Que a vida é uma grande escola, isso todo mundo sabe. Mas cabe a nós utilizarmos os nossos conhecimentos e experiências de forma a nos tornar pessoas mais motivadas.
    Pode ter certeza, outras oportunidades virão. Prepare-se para elas.
    Sua vida pessoal e profissional , só está começando. De agora com 23 até os 55 / 60 é que se vive mais intensamente, e como consequência, certamente refletirá em como será sua vida depois dos 60. Dedique seu aprendizado/estudo/trabalho ao bem, que o céu irá te acompanhar.
    As oportunidades aparecem para todos, mas somente os mais preparados sabem diferenciar as boas… das ótimas.
    Um ósculo no seu coração, minha filha.

    Curtir

Deixe aqui o seu comentário. Ele é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s