Vergonha de que?

img_9745

Este post foi escrito no dia 12/07 depois da derrota do Brasil para a Holanda na disputa de terceiro lugar.

A Copa do Mundo acabou e não foi dessa vez que nós conquistamos o Hexa. A tristeza pode demorar um pouco a passar, mas não quem vai ficar um bom tempo por aqui ainda será a saudade do clima da copa. Essa foi, de longe, a copa mais marcante para mim. Talvez por ser recente ainda e a minha memória não ser das melhores. Comemorei muito o penta, mas comemorei muito mais a Copa do Brasil. Foi a copa das copas, no sentido de animação da torcida, de belos gols, de envolvimento de todas as nações, de todos os corações em um só lugar. Eu não esqueci tudo o que nós brasileiro vivemos nos últimos anos por conta da copa, mas o assunto merece muito mais discussão e o meu foco com esse post é outro.

Eu tenho visto muita gente criticando a seleção, mas sem entender um pingo de futebol. Eu não sou expert no assunto, mas já joguei bola muito tempo da minha vida, fui goleira em alguns campeonatos e entendo alguma coisa. Sei que a falta de uma peça importante do time causa impacto, sei que uma derrota tão grande abala de verdade, mas sei principalmente que um time sob pressão pode se implodir muito fácil. Talvez a pressão de lutar pelo Hexa em casa tenha sido muito pra cabeça de alguns jogadores, talvez a falta de Neymar tenha atrapalhado a confiança deles ou talvez a derrota para a Alemanha tenha sido a gota d’água. Mas lutar por um sonho e não alcançá-lo não é motivo de vergonha.

Alguns andam dizendo por aí que tem vergonha da nossa seleção, vergonha de ficar em quarto lugar. Eu não. Vergonha eu tenho dos torcedores que foram ao estádio e vaiaram os nossos jogadores. Vergonha eu tenho da falta de investimento em educação, do estado crítico do sistema público de saúde, do excesso de corrupção, da falsa democracia, da violência, da miséria. O Brasil ficou em quarto na copa do mundo, mas está em colocações muito piores em índices que realmente importam! Pare um pouco pra pensar antes de falar besteiras por aí. E sinta vergonha das coisas que realmente merecem esse sentimento. Pare de levantar cartazes e fazer piadinhas sobre futebol ou sobre a seleção e use a sua voz para expressar ideias que podem mudar o nosso país. Vimos que o jeitinho brasileiro não deu certo no futebol, então é hora de percebermos que esse jeitinho não resolve nada!

Sabe uma coisa que me marcou nessa copa? Um nome: David Luiz. Ele pode não ter dado o seu melhor em campo em todos os jogos, mas deu ao mundo um exemplo indescritível! Ele só queria fazer seu povo feliz, um povo que sofre em tantos aspectos merecia uma felicidade no futebol. Não fique triste David! Não posso falar por todos, mas pra mim você trouxe felicidade, e muita! Você provou que jogador de futebol não se preocupa só com o resultado dentro de campo! Você foi o cara que fez um golaço, o que soube reconhecer a luta do adversário, que transmitiu alegria a todos que se aproximavam de você, que chorou pelo seu povo e que brigou até o fim pelo seu sonho. Não há exemplo melhor que esse! Que nós que assistimos a tudo isso possamos seguir os bons exemplos que essa copa nos trouxe.

A mudança é possível, cabe a nós lutarmos por ela!

xx

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário. Ele é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s